domingo, 20 de junho de 2010

"CONVERSANDO É QUE A GENTE SE ENTENDE !"

O tema da semana da Blogagem Coletiva do blog Espiritual-idade, é o Diálogo, e fiquei pensando em alguns casos em que a falta do mesmo ocasionou muita confusão.
Aqui na minha terra já lutamos muito pela "abertura do diálogo" e, de certa forma, conseguimos resolver o problema.

Assunto do momento é a poda ou corte de árvores em Sintra - Portugal, causando muita indignação e revolta, aos amantes da Natureza.
"Por que cortar, cortar por que ?" Perguntam os defensores do verde, e reclamam da falta de Diálogo.
Vejam no blog CASA CLARIDADE, da minha amiga Hazel, algumas fotos do que ela encontrou por lá:
http://casaclaridade.blogspot.com/2010/06/sintra-desaparecer.html

Eu já passei por situações bem semelhantes, vendo árvores sendo podadas de forma drástica, sem explicação convincente para tal ato, mesmo porque, segundo o ambientalista José Lutzenberger, podar árvore é um ato desnecessário. Leia aqui: http://www.fgaia.org.br/texts/t-poda2.html

Fui pesquisar na net essa história das árvores de Sintra e encontro um informativo da Câmara Municipal explicando que " esse assunto estava sendo debatido num ciclo de ações para analisar os prós e os contras e suscitar um debate construtivo".


Seria necessária a poda extrema, conforme mostra a foto ?
Aqui na minha cidade era feito o mesmo procedimento, e várias vezes fui interpelar o pobre trabalhador que fazia o que mandavam.
Atualmente as podas são discretas, mas ainda questiono sobre sua necessidade.
Dialogar com quem ? Quando as razões são tão diferenciadas, quando a visão do mundo é tão conflitante, reconheço que é quase impossível haver diálogo.

Nesse momento o que vale é o ditado tradicional: "Manda quem pode, obedece quem tem juízo"...

Porém como, muitas vezes, ter "juízo" não é o melhor caminho, continuo divulgando a Petição a favor das árvores de Sintra: http://www.peticao.com.pt/arvores-de-sintra

20 comentários:

  1. Oi, querida
    Espero que hoje, ao participar da nossa BLOGAGEM COLETIVA ESPIRITUAL ECUMÊNCIA, vc faça a experiência de Emaús... quando os dois discípulos dialogaram com o Mestre e Senhor.
    Vamos acompanhar os seguidores dessa Coletiva e nos enriquecermos mutuamente?
    SEJA FELIZ E ABENÇOADA!
    BJS E SERENIDADE SEJA A MARCA DO SEU DIÁLOGO SEMPRE.
    Bela vitória do nosso querido Brasil hoje!
    Vou assinar agora o que nos pede,com muito gosto.

    ResponderExcluir
  2. oi Flora.
    aqui também se costima ver as árvores podadas, principalmente as dos paseios publicos e algumas severamente... não gosto de velas assim, parecem nuas, a sofrer o frio do inverno ...já vivárias na cidade por estes dias totalmente despidas de galhos e folhas.
    fico triste, e ainda não tenho solução para tal, que bom que aí já conseguiste alguam coisas neste sentido, torço que tudo dê certo também com as árvores de Sintra.

    beijo de luz

    ResponderExcluir
  3. A petição é uma ótima forma de diálogo. É a voz do povo se fazendo ouvir.
    Você conseguiu conciliar bem a questão com o ambientalismo.
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Querida Flora, de uma boa conversa ninguém escapa.
    Ótima sua participação na Blogagem Coletiva, eu amei!
    Grande abraço com desejos de uma ótima semana!!!
    Obrigada pela sua visita em meu blog,fiquei muito feliz, volta sempre!!

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigada, Flora.
    Este final de semana, tirei fotos para que as pessoas vejam a crueldade que se passou em Sintra. Foram fotos que me custaram tirar e ainda vao custar mais voltar a vê-las quando divulgar. Mas é importante mostrar às pessoas aquilo de que se fala, para verem que não exageramos.
    Não fotografei as podas radicais, pois a internet já tem bastantes fotos sobre isso.
    Aqui que registei foram as árvores que foram mesmo abatidas...

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Flora!
    Antes de mais: VIVA BRASIL!PARABÉNS!Eu estava na torcida.No dias em que meu coração não é verde,vermelho e escudo amarelo, ele fica sem o vermelho e virá brasileiro :)
    Viu Portugal hoje? Viu? Viu? Hoje sim, estivemos à altura dos nossos navegantes passados ;)

    Convite: ai também vai ter de participar na Blogagem de Julho do blog aldeiadaminhavida. O tema é: “A Fruta da minha Região”. Vale tudo: texto, foto, imagens, vídeos, receitas, cartazes… dê asas à sua imaginação, enviando a sua participação para aminhaldeia@sapo.pt até dia 8 (de preferência). Esta semana, sairá 1 post com mais informação.

    Jocas portuguesas!!! 7-0 Vitória!
    Lena

    ResponderExcluir
  7. Minha querida, Flora, perfeita a sua abordagem.
    Contra fatos não há argumentos. O link sobre o Lutzenberger não deixa margem a discussão. O homem era um gênio do ambientalismo, respeitado no mundo inteiro, e certamente, nem há porque não, também em nosso querido Portugal.
    Os governantes de Sintra que tomem juízo, e cuidem de plantar o que ainda está a faltar, e parem de derrubar o que a natureza fez crescer.
    Bravos, Flora! Salve, Hazel!
    Beijos.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada, Orvalho, pela visita, comentário, e principalmente por assinar essa petição.
    Se juntarmos nossas forças, conseguiremos vencer os inimigos !

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oi, Rosan:
    Ainda não consegui entender porque os homens teimam em podar as árvores dessa maneira !
    Porém, pior ainda, é o corte das árvores, transformando florestas em desertos.

    A humanidade vai sofrer muito por esse ato insano...

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi, Gina:
    Ambientalismo é um dos meus temas favoritos !
    E se acreditarmos que a Mãe-Terra é um ser vivo, fica ainda mais fácil entender a Vida.

    BEijo

    ResponderExcluir
  11. Oi, Dora:
    Obrigada pela visita e comentário !
    Vamos caminhando nessa Blogagem Coletiva, e adaptando os temas aos nossos blogs. No final, tudo dá certo...

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Oi, Hazel:
    Já vi suas fotos, e é mesmo desalentador tais imagens...

    Resta saber qual a razão desse "assassinato em massa" !

    Sempre existe uma explicação mas, normalmente eu não concordo com ela...

    Acrescentei na minha postagem o link do seu texto sobre o tal triste ato.

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lena:
    Eu não gosto de futebol, mas fico feliz quando Portugal ganha ! Acho que são minhas raízes portuguesas...

    Vou participar, sim, e com muito gosto !
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Meu querido Gilberto:
    Brigar pela Natureza é comigo mesmo !
    Vamos tecendo nossa Teia Ambiental e um dia o planeta será mais verde, recuperando o que foi perdido.
    Depende de nós...

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Querida Flora, é muito triste ver uma árvore assim... As árvores são sinônimos de vida, como se fossem o nosso próprio pulmão, vê-las neste estado nos sentimos mutilados também. Os governantes devem ter a consciência de proteger a natureza para o bem de todos e a manutenção da vida no nosso planeta.Torço para que o diálogo e apetição sobre as árvores de Sintra reflita resultados em outros lugares também.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  16. Olá, amiga Flora!
    Passei por aqui e fiquei um pouco surpreendido com o que me diz da "minha" Sintra. Eu já em tempos tive oportunidade de passar na "Casa da Claridade" e expôr a minha opinião. Sou contra que se matem as pessoas, estejam ou não doentes. Se estiverem doentes, há que tratá-las. Amputam-se pernas, braços, arrancam-se dentes, tudo tendo em vista a continuidade da vida duma pessoa. Portanto, a poda, quanto a mim, é necessária para a boa saúde duma árvore que se mostre adoentada e é o caso de muitas delas, infelizmente, porque as pessoas só delas se lembram quando já não há remédio e depois choram-nas muito. Posto isto, que fique claro que sou contra o abate puro e simples duma qualquer árvore. Aí, normalmente são interesses do foro privado e não do colectivo que se movem, sabendo muito bem como o devem fazer. À conta de abrir caminho para o acesso fácil dos bombeiros, muitas tropelias se praticam e as matas continuam a arder!
    Mas, infelizmente, o mundo é assim, proclama-se a bondade e a amizade e só vemos guerras e maldade!
    Valham-nos os blogues e outras formas de comunicação, para que vamos tentado retardar aquilo que me parece ser o desastre final. Será que o vamos conseguir?
    Vai longo o comentário. Um abraço, cá deste lado.
    João Celorico

    ResponderExcluir
  17. Obrigada pelo link, Flora.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olha, Zélia, assim como diz a música do Roberto Carlos, eu também já "padeci de insônia com a sorte da Amazônia"...

    Tem momentos em que nem quero saber o que está acontecendo, pois sofro, impotente, vendo tanta destruição da Natureza.
    Procuro "fazer a minha parte", plantando e falando sobre a importância de manter a vegetação do planeta.

    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Oi, João:

    É muito difícil o convívio do Homem com a Natureza. Ele, que se julga senhor absoluto do céu e da terra, quer decidir os destinos do planeta, mas a força da Natureza é grande e estamos vendo o resultado de tanta arrogância.

    Entendo que enquanto os carros forem mais importantes do que as árvores, e as casas terem prioridade sobre as florestas, essa destruição não terminará.
    Enfim...

    Abraços

    ResponderExcluir

RECEBER SUA VISITA É MUITO BOM !
LER SEU COMENTÁRIO, É MELHOR AINDA !!!